Textos

VIAS DO AMOR


suponho
que não haverá
quem me levante
de
sob as pedras
das
agruras
para de novo andar
pelas vias do amor
alegremente
visto
que nessas ruas
o bem-querer que tive
foi uma realidade
muito crua
sinceramente
desencorajo-me
de
seguir viagem
neste roteiro
acreditando
em tudo
que sorrindo
engana a
gente
o tempo inteiro
Ene Ribeiro
Enviado por Ene Ribeiro em 12/06/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários